25 fevereiro 2015

Os primeiros 1000 dias do bebê - 0 a 3 meses

Dando continuidade a série: Os primeiros 1000 dias do bebê e seus estímulos.

Fase: 0 a 3 meses.

Nessa fase o bebê já está começando a se acostumar com o novo espaço em que vive. Anteriormente era apenas os sons intra uterino, a luz era controlada e a alimentação era constante e de acordo som a sua necessidade.

Nessa fase, o bebê precisa de adaptar a essas diversas mudanças que estão acontecendo em sua vida e que tem o papel fundamental para que essa adaptação ocorra da melhor forma e a mãe que estará suprindo grande parte de suas necessidades.

Heitor com 2 meses!
O QUE O BEBÊ FAZ?
  • Nessa etapa o bebê já abre e fecha os braços em resposta de estimulação (reflexo de moro);
  • Postura: barriga para cima, pernas e braços fletidos, cabeça lateralizada;
  • Olhar: para quem o observa;
  • Já pode reconhecer o rosto da mãe e procura-lá no quarto;
  • Já pode demostrar prazer ou desconforto.
O QUE OS PAIS PODEM FAZER PARA ESTIMULAR O BEBÊ?

Os pais e/ou cuidadores podem desempenhar ainda que o bebê seja muito pequenininho, algumas atividades para estimular de preferência ás atividades que tenham relação com a voz, pois pois o bebê se habituou as vozes que o rodeavam enquanto estava dentro da barriga, principalmente a voz da mãe. De acordo com a Psicopedagogda Cynthia Pereira, existem maneiras que podemos ajudar na estimulação dos nossos pequenos, como:

  • Cantar músicas e cantigas infantis: as mais calmas na hora do sono e as mais agitadas na hora da brincadeira;
  • Podem brincar de reconhecer objetos onde os pais vão falando os nomes de cada um deles.
Eu sempre fui o tipo de mãe que estimulava muito o Heitor já recém nascido. Nunca tive dúvidas que mesmo me olhando com aqueles olhinhos pequenos e com uma visão embaçada, ele sabia exatamente o que eu estava falando, e de alguma forma ele conseguia me responder, segurando meu dedo, um resmungo, um sorriso amarelo. E hoje com quase 1 aninho de idade, mesmo sendo um bebê prematuro, a Pediatra o considera como um bebê que tivesse nascido de 40 semanas. Ele se desenvolveu muito bem também porque sempre buscamos ajudar nesse desenvolvimento e estimulação. E eu acredito muito que isso também tenha influenciado. 

O importante é sempre observar cada resposta que eles nos dão, com sons fortes e agudos. 

Heitor segurando o dedo da mamãe aqui!



Participação - Cynthia Pereira
Neuropsicopedagoga

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sos amigas mamães - todos os direitos reservados 2014/2015 | design por jessica chan e programação por rebeca franca