12 fevereiro 2015

Leite fraco existe?

Sempre tem alguém que te fala “seu leite é fraco!”

Durante a gestação ouvimos palpites que nem sabemos da onde vem, cheguei a ouvir coisas que até Deus desconfia (e eu também), um deles foi que meu leite é fraco, que Heitor não iria ganhar peso. Peso foi eu que ganhei na consciência quando me falaram sobre isso, até que fui atrás de especialistas e que possam me ajudar num momento tão delicado e importante da minha vida. E pior que ouvimos sempre de pessoas próximas, que ao invés de te dar apoio e te coloca mais dúvidas na cabeça e na lista pra perguntar ao seu médico.

A nossa querida Consultora Patricia Dias do Materno Mundi, nos explica tudo.



Leite materno é fraco existe?

Não existe leite fraco. O leite materno é sempre completo e feito na exata medida das necessidade de um ou mais bebês, portanto, não há necessidade de complementação alguma até o sexto mês.

Usualmente, quando uma mãe pensa que não tem leite suficiente, seu bebê está recebendo tudo o que necessita. A falsa impressão de que o leite não está sendo produzido em quantidade suficiente, aparece quando a mulher para de sentir o peito encher, ou quando o leite para de vazar. Mas isso acontece porque o corpo se adaptou à demanda por leite do bebê e há fases em que o bebê mama mais que o normal, são os chamados picos de crescimento. O corpo produz leite a medida que o bebê solicita, quanto mais ele mamar, mais leite a mãe irá produzir.

Fatores psicológicos, como stress, falta de confiança, cansaço, são fatores comuns que podem levar a mãe a dar leite artificial e mamadeira para seu bebê, desacreditando no seu poder e do leite materno. E alguns dos fatores externos que podem atrapalhar a amamentação, e interferir na produção do leite são:
  • Pega incorreta;
  • Mamadas pouco frequentes;
  • Ausência de mamadas noturnas;
  • Mamadas curtas;
  • Mamadeiras, chupetas;
  • Alimentação complementar (leite artificial).

E o que fazer para aumentar a produção de leite?
  • Deixe o bebê mamar sempre que ele quiser;
  • Evite ao máximo o uso de chupetas e mamadeira,- não complemente com leite artificial (matando a fome do bebê com fórmula, ele não vai querer mamar muito, o que pode comprometer a produção do leite);
  • Beba bastante água;
  • Tente tirar leite entre as mamadas;
  • Invista em uma boa pega.


Por isso mamães, sempre que houver dúvidas, nunca deixem de consultar um especialista, pediatra do seu filho ou seu Obstetra. Eles com certeza saberão te dar um apoio, bem melhor que suas tias, sogras e avós.





Participação - Patricia Dias
Consultora de amamentação e sono materno infantil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sos amigas mamães - todos os direitos reservados 2014/2015 | design por jessica chan e programação por rebeca franca